quarta-feira, 12 de novembro de 2014

CAMAT ESTÁ SOB NOVA DIRETORIA

Em 2014 o Centro Acadêmico de Matemática está sob nova gestão, tomou posse uma nova chapa que tem como presidente a aluna Augislane Costa Soares e Vice-Presidente o aluno Francisco Edson Teixeira.

O último presidente do CAMAT foi o aluno Raildo Sales, que hoje ocupa a coordenação geral do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal de Rondônia.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Homem armado entra na UNIR Campus e rouba moto de universitário

Por volta das 11:50 do dia 21/08/2013 após sair da aula e se dirigir ao estacionamento que fica no bloco de matemática, o universitário ao montar na sua moto BROS ESD 2013/2013 preta Placa: NBW 0755, um homem branco, com idade por volta dos 35 a 40 anos que estava no estacionamento o abordou montou na moto e colocou a arma em sua costela.

“Eu estava no estacionamento do bloco de matemática, montei na moto o cara me abordou montou na moto comigo com a arma na minha costela, quando chegou perto da madeireira ele mandou parar e foi embora com a minha moto” relata o acadêmico que teve a moto roubada.

Essa onda de roubos está acontecendo com frequência dentro Campus, ouvimos vários relatos de alunos que estão tendo carros arrombados e furtos de objetos.

A guarita da Universidade não funciona e qualquer pessoa tem livre acesso ao Campus. Esperamos que a administração da Universidade se pronuncie a respeito, pois os acadêmicos estão assustado e temem que sejam vítimas de crimes dentro do Campus.


Fonte: Centro Acadêmico de Matemática da UNIR

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Projeto de lei obriga escola pública a ter laboratório de matemática

Matemática criança
Atual Lei de Diretrizes e Bases da Educação não exige laboratórios para nenhuma aula específica

Tramita na Câmara dos Deputados uma proposta que obriga as escolas públicas a terem laboratórios de matemática. O Projeto de Lei 5218/13, do deputado Stepan Nercessian (PPS-RJ), defende a modificação no ensino fundamental e médio. A proposta inclui a formação de professores para que saibam dar aulas com os materiais do laboratório.
Nercessian acredita que o mau desempenho dos estudantes brasileiros nesta disciplina se deve ao ensino puramente teórico. O deputado ainda afirma que os estudantes não estão conseguindo aplicar a matemática na solução de problemas cotidianos. O laboratório seria então algo que motivaria o interesse dos estudantes pela disciplina.
A atual Lei de Diretrizes e Bases da Educação não exige laboratórios para nenhuma aula específica.
A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Educação, de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: R7.com
Postado por Raildo Sales

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

1° Esporte e Lazer UNIRversitários


Galera,

vamos participar do 1° Esporte e Lazer UNIRversitários.
Será realizado no campus José Ribeiro Filho, no dia 14/08/2013 a partir das 08:00hs.
Serão realizadas diversas atividades, entre elas: Volta universitária, Slack Line, Campeonato de tênis de mesa, jogos de pebolim, entre outras atividades!

Veja a programação:

08:00 – Volta universitária
O percurso será realizado na rua onde passa o ônibus dentro das instalações do campus. A volta universitária será uma corrida de revezamento, com total de mil metros. Poderão se inscrever até duas equipes de cada curso, sendo que cada equipe terá dez participantes onde, é obrigatório a participação de pelo menos três mulheres para cada equipe.

09:00 – Campeonato de tênis de mesa
Serão dispostas quatro mesas em pontos diferentes do campus, locais estes que serão: bloco de educação física, em frente a biblioteca, bloco de medicina e bloco de engenharia.

09:00 – Atividades recreativas livres de Pebolim e Slack Line.
Serão dispostas mesas de pebolim em pontos diferentes e livres do campus. O Slack Line será realizado no gramado que compreende a área entre o bloco de educação física e a cantina. As atividades recreativas serão executadas durante todo o dia dentro das dependências do campus.

17:00 – Apresentação Cultural da Peça Teatral : Juiz de Paz na Roça de Martins Penha.

Galera, vamos participar porque vai ser show!

Na 1ª Volta Universitária, ganhamos a prata, agora vamos ganhar o Ouro!!!

Veja como foi a escalação da Equipe na I Volta Univesitária:


Lil Jones,
Andre Luiz,
Paloma Soares,
Éverton Stark,
Ednilson Nogueira,
Bruna Rilce,
Jonatas Marcelino,
Cristiano Costa,
Araceli Bárbara,
Romero Miranda.




Fotos: Jhény Oliveira
Postado por Raildo Sales

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Programa de Aperfeiçoamento para Professores de Matemática do Ensino Médio

Aconteceu de 15 a 19 de julho, o Primeiro PAPMEM (Programa de Aperfeiçoamento para Professores de Matemática do Ensino Médio) de Rondônia no Auditório da Uab no Campus Unir em Porto Velho.


O evento contou com a participação de professores do interior e da capital e de alunos do curso de matemática.

Sob a coordenação local dos Professores Adeilton Fernandes da Costa e Flávio Batista Simão, foram abordados através de vídeo aulas ministradas pelos Professores Paulo Cezar, Wagner, Ledo e Luciano em tempo real, abordando os seguintes assuntos: Equações de 1º e 2º Graus, Áreas e Aritmética, Probabilidade e Proporcionalidade, Análise Combinatória e Teorema de Pitágoras, que podem ser conferidas neste site para download http://video.impa.br/index.php?page=papmem-jul2013.

Sobre o PAPMEM

Este programa visa oferecer treinamento gratuito para professores de Matemática do Ensino Médio de todo o Estado do Rondônia. É realizado, sob diversas formas, desde 1990 pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada, abordando assuntos relativos às três séries do Ensino Médio. Atualmente, este programa tem recebido apoio para sua realização da CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 





Fonte:www.dmat.unir.br
Fotos: Labmídia/UNIR
Postado por Raildo Sales

domingo, 14 de julho de 2013

De compras a viagens: estude matemática no seu dia a dia

Se você acha que os conteúdos ensinados na escola nunca serão úteis fora do colégio, está enganado. Se dar bem em matemática não implica apenas em tirar notas boas e dar uma de CDF na sala. Ao dominar os cálculos e macetes ensinados pelos professores, você pode facilitar - e muito - a sua vida fora da escola. Confira alguns exemplos:


Probabilidade e análise combinatória




Sabe aquele seu tio que insiste em jogar na Mega-Sena a sequência 01 - 02 - 03 - 04 - 05 - 06 e você ri, dizendo que essa combinação não será sorteada nunca? Pois saiba que a probabilidade de sair essa combinação é a mesma de qualquer outra. “Nesse caso, o cálculo do número de elementos do espaço amostral é feito pela combinação simples de 60 elementos seis a seis”, explica Burani.

O espaço amostral é representado pela quantidade de diferentes subconjuntos com seis elementos formados a partir do conjunto dos números naturais de 1 a 60. Na prática, o cálculo seria algo como: (60!)/(6! x 54!), que resulta em 50.063.860 possíveis cartões de Mega-Sena. Independentemente da combinação, a chance é sempre de uma para mais de 50 milhões. O raciocínio é o mesmo com os jogos de dado: a chance de um número pré-determinado ser sorteado é um para seis.

Geometria espacial


Observe as embalagens dos produtos na prateleira do supermercado ou mesmo na estante da sua casa. Eles não lembram algo? A latinha de refrigerante que você segura não pode perfeitamente ser um cilindro, daqueles que o professor mostra nas aulas de geometria? E a caixa do notebook, que você comprou e guardou para aproveitar a garantia, não pode ser considerado um paralelepípedo reto-retângulo? “Em geral, os líquidos vêm em uma lata cilíndrica pela facilidade de manuseá-la e segurá-la”, explica Burani. O domínio dos sólidos estudados em sala, garante, dá ao estudante a possibilidade de calcular o volume que vai dentro da lata. Esse conhecimento pode ser um bom aliado na hora de decidir quanta bebida comprar para o final de semana.

Escala


Planejar aquela viagem com os amigos é bem mais fácil se você conhecer bem as escalas.  Marque no mapa a origem e o destino e calcule a distância que vocês irão percorrer antes mesmo de sair de casa. Assim, na hora de dividir a gasolina, o rateio pode ser feito antecipadamente. “Com regra de três e interpretação dos valores da escala que aparecem no mapa, o aluno pode tanto calcular a distância entre dois pontos quanto a área aproximada de um país”, diz o professor.


Função do segundo grau



Imagine-se dono de uma empresa que vende determinados produtos. Pode ser qualquer coisa: roupas, instrumentos musicais ou o que você preferir.  Você provavelmente precisará estudar o lucro da empresa em relação ao número de mercadorias vendidas. Esse cálculo pode ser feito através de uma função do segundo grau, representada pela fórmula f(x) = ax² + bx + c e que pode ser expressa graficamente. “Nesse caso, se a concavidade da parábola for voltada para baixo, haverá um ponto de máximo, ou seja, pode-se determinar o número de mercadorias que devem ser vendidas para maximizar o lucro”, ensina Burani.

Fonte: http://www.terra.com.br/noticias/educacao/infograficos/matematica-dia-a-dia
Postado por Raildo Sales

terça-feira, 2 de julho de 2013

Quanto custa um deputado?

Reclamamos do alto salário dos 513 deputados federais, mas ´o problema são as verbas`, diz o coordenador de projetos da ONG Transparência Brasil, Fabiano Angélico. No gráfico abaixo, o tamanho de cada item corresponde ao seu custo.

por EMILIANO URBIM, THAIS SANT´ANA, GABRIEL GIANORDOLI E CÁSSIO BITTENCOURT


VERBA DE GABINETE
Cada um dos 513 deputados federais possui esta verba mensal para gastar com material de escritório e pagar até 25 assessores parlamentares. Os deputados federais brasileiros estão entre os que podem contratar mais gente.



VERBA INDENIZATÓRIA
É para gastos com gasolina, comida, hospedagem, aluguel de escritório (sim, além dos que eles têm no Congresso) e consultorias - sendo que consultoria pode ser qualquer coisa que os deputados decidirem chamar de consultoria.


SALÁRIO
Além do 13º, há mais dois salários extras no início e no fim do ano legislativo, para dar uma força.
MAIS QUE O LULA
Não admira que deputados se achem importantes: ganham mais que o presidente.



AUXÍLIO MORADIA
A ajuda no aluguel vale até para deputados do Distrito Federal. A alternativa seriam apartamentos funcionais, que acabam repassados a assessores e parentes.

COTA POSTAL E TELEFÔNICA

É preciso muito correio e DDD para contatar as bases. A cota também pode incluir a conta da banda larga.

IMPRESSÕES E ASSINATURAS: R$ 1 000

Além de imprimir o que acharem necessário, nossos representantes têm uma grana para assinar jornais e revistas.



PASSAGENS
Deputados ganham viagem ida e volta de Brasília para o estado que representam. São R$ 9 mil por mês que não precisam de justificativa - pode ser convenção partidária ou festa junina.

ASSISTÊNCIA MÉDICA
O deputado e sua família podem pedir reembolso ilimitado de gastos com saúde. Em 2009, a Câmara gastou R$ 50 milhões com médicos e dentistas: deu R$ 8 mil para cada.



CÂMARA INDISCRETA
Comparação do custo de um deputado federal com a riqueza média gerada por um cidadão em alguns países.




Reportagem: www.super.abril.com.br/cultura/quanto-custa-deputado-601265.shtml
Fontes ONG Transparência Brasil e Câmara dos Deputados
Postado por Raildo Sales

segunda-feira, 1 de julho de 2013

I Conferência Brasileira do GeoGebra

Estão abertas as inscrições para a I Conferência Brasileira do GeoGebra, que será realizada em Mossoró nos dias 24, 25 e 26 de outubro. Os interessados em participar podem se inscrever na página oficial do evento, clicando AQUI.

O evento é organizado pelo GeoGebra Institute (IG) of Rio Grande do Norte, com sede na Universidade Federal Rural do SemiÁrido (Ufersa), com conteúdo voltado para os profissionais da área de tecnologias, engenharias, Matemática, Física, Estatística; sendo professores, alunos docentes e discentes.

O GeoGebra é uma iniciativa que pode ser aplicada em diversas áreas do conhecimento. O evento conta com a presença do professor Agustín Carrillo, coordenador do IG na Espanha e dos professores da rede pública que trabalham com o GeoGebra nas escolas do Brasil.



 
Fonte: www.geogebrainstitute-rn.com.br
Postado por Raildo Sales

domingo, 30 de junho de 2013

Plantas fazem aritmética para sobreviver, afirma pesquisador

Processo químico calcula quantidade de energia a ser armazenada para a sobrevivência noturna, conclui estudo.




Plantas da família das couves foram estudadas para entender como poupam energia para a sobrevivência noturna
Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo


Plantas da família das couves foram estudadas para entender como poupam energia para a sobrevivência noturna Pablo Jacob / Agência O Globo
NORWICH- Plantas entendem de matemática, concluem pesquisadores britânicos. Os cientistas descobriram que os vegetais fazem cálculos para controlar a reserva de alimentos que dispõem durante a noite, quando não há fotossíntese.

Modelos matemáticos mostram que a quantidade de amido consumido durante a noite é calculada em um processo que envolve substâncias químicas presentes na folha, informa um trabalho publicado na revista científica e-Life.

A planta estudada é a Arabidopsis, gênero da mesma família da mostarda e da couve. Aves migratórias são capazes de usar o mesmo processo para preservar níveis de gordura durante longas viagens.

Os experimentos científicos no Centro John Innes, na cidade britânica de Norwich, mostraram que o nível de precisão dos cálculos de reserva de amido durante a noite requer, numa simulação feita por humanos, conhecimentos de aritmética, segundo informa o site da rede britânica BBC.

A tese dos pesquisadores é que o processo de reserva de alimentos é mediado pelas concentrações dos dois tipos de moléculas chamadas de "S" de amido e "T" para hora, cuja quantidade é determinada de acordo com o relógio biológico da planta.

Se as moléculas S estimulam a queima do amido, enquanto que as moléculas de T impedem que isto aconteça, então a taxa de consumo de amido é definida pela relação entre S e T. Em outras palavras, S dividido por T.

“É a primeiro exemplo concreto na biologia de uso de um cálculo aritmético sofisticado” disse à BBC o matemático Martin Howard, do Centro John Innes.

Fonte: www.oglobo.globo.com/ciencia
Postado por Raildo Sales

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Cinema de Matemática - CINEMAT II

    Na segunda sessão do CINEMAT - Cinema de Matemática, foi exibido no dia 12 de junho, no bloco do curso de matemática o Filme: Cubo Zero. 
    A trama é o terceiro filme da triologia: um grupo de pessoas, sendo um policial, um ladrão, uma matemática, uma médica, um arquiteto e um jovem autista são misteriosamente presos num labirinto de alta tecnologia. Sem comida nem água, eles precisam encontrar um meio de sair do local. Mas precisam também ter cuidado para não acionar armadilhas letais, que surgem em estranhos cubos. Em cada sala, uma armadilha e uma morte. Só o mais esperto e menos rebelde sempre sobrevive. Desta vez, porém, há a viagem a um local misterioso e uma trama envolvendo operadores do cubo.

    O CINEMAT é um projeto do Centro Acadêmico de Matemática que prevê a exibição de 7 filmes durante o ano de 2013.




quinta-feira, 9 de maio de 2013

Cinema de Matemática - CINEMAT

      O Cinemat - Cinema de Matemática exibiu no dia 08 de maio, no bloco do curso de Matemática o documentário: A história da Matemática - A origem do Universo. Foi escolhido como Melhor Documentário produzido, no ano de 2009, pela BBC. 
     O CINEMAT é um projeto do Centro Acadêmico de Matemática que prevê a exibição de 7 filmes durante o ano de 2013.


Postado por Raildo Sales

quinta-feira, 28 de março de 2013

I Feira de Jogos Matemáticos

            Aconteceu no dia 27 de março de 2013, na Universidade Federal de Rondônia, a I Feira de Jogos Matemáticos, o evento foi organizado pelos acadêmicos do 6º período do curso de Licenciatura em Matemática.
     Mais Fotos do evento no Perfil do CAMAT no Facebook:  www.facebook.com/camat.unir.




 













Postado por Raildo Sales

sexta-feira, 22 de março de 2013

I Feira de Jogos Matemáticos

O Centro Acadêmico de Matemática da UNIR, convida o público em geral, para participarem da "I Feira de Jogos Matemáticos", que será realizada na Quarta feira dia 27 de março as 10 horas, na sala ao lado da xérox.

Venham, participem e se encantem com a beleza dos enigmas matemáticos.


Imagem: Ualiton Ferreira

quinta-feira, 7 de março de 2013

Alunos de matemática da UNIR são premiados no II Colóquio de Matemática da Região Norte


Os alunos do curso de Licenciatura em Matemática da Fundação Universidade Federal de Rondônia (Unir), do Campus de Porto Velho, Carlos Maurício de Souza, Quéssia de Oliveira Gimenez e Laís Ribeiro Lima, integrantes do Projeto “Integrando Amazônia” apresentaram trabalhos de iniciação científica no II Colóquio de Matemática da Região Norte. O evento aconteceu no período de 25 de fevereiro a 2 de março, na Universidade Federal do Oeste de Pará (UFOPA) e foi organizado pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM)e a UFOPA.
Na conclusão do evento, foram selecionados os três melhores trabalhos apresentados, que receberam Certificado de Menção Honrosa. Dos três trabalhos selecionados, dois foram da UNIR: “Música e Aritmética”, de Carlos Maurício, orientado pelo professor Tomás Daniel M. Rodriguez; e “Um estudo sobre a enumerabilidade do conjunto Q dos números racionais”, trabalho de Laís, orientado pelo professor Thiago Ginez Velanga Moreira.

“Ficamos felizes com o desempenho dos nossos alunos, que colocaram em primeiro plano o nome da nossa Universidade num evento tão importante”, enalteceu o coordenador do projeto “Integrando Amazônia”, professor Tomás.







Fonte: www.unir.br

quarta-feira, 6 de março de 2013

Maratona Volta Universitária

A equipe formada pelos alunos do curso de Matemática da UNIR: Lil Jones, Andre Luiz, Paloma Soares, Éverton Stark, Ednilson Nogueira, Bruna Rilce, Jonatas Marcelino, Cristiano Costa, Araceli Bárbara e Romero Miranda,  conquistaram a terceira colocação na  Maratona Volta Universitária, que aconteceu no dia 01 de março no campus José Ribeiro Filho.

Fotos: Jénny Olliveira.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Matemática participa de evento em Porto Velho

O Mestrado Profissional em Matemática (PROFMAT) da UNIR receberá a visita do presidente do Conselho Gestor do Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional, professor doutor Marcelo Miranda Viana da Silva, nos próximos dias 6 e 7 de fevereiro de 2013.

Durante a visita, no dia 6, às 14h, o docente proferirá a palestra intitulada "f(x) = x", no Auditório do Polo UAB de Porto Velho (antigo Teatro Banzeiros, no Centro). O evento é aberto ao público. Após a palestra, Marcelo Viana participa de duas defesas de Trabalhos de Conclusão de Curso do mestrado no Auditório da UNIR Centro (veja www.profmat.unir/eventos ), a partir das 16h30. No dia 7, o docente participa de reunião com os integrantes do Projeto "Integrando "Amazônia", às 10h20, no Campus José Ribeiro Filho.

Currículo do docente:

Marcelo Viana tem graduação em Matemática pela Universidade do Porto e doutorado em Sistemas Dinâmicos pelo IMPA. Atualmente é Pesquisador Titular do IMPA, Bolsista de Produtividade do CNPq, Vice-Presidente da IMU-União Matemática Internacional, membro do Conselho Deliberativo do CNPq, Vice-Presidente da SBM-Sociedade Brasileira de Matemática e Presidente do Conselho Gestor do PROFMAT-Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional. Foi Coordenador Cientifico da UMALCA-União Matemática da América Latina e do Caribe, Diretor Adjunto do IMPA, Coordenador do Comitê Assessor da Matemática e Estatística no CNPq (por duas vezes), Coordenador da Área de Matemática Probabilidade e Estatística na CAPES e Chefe do Escritório Regional na América Latina da TWAS-Academia de Ciências do Mundo em Desenvolvimento.

É editor de diversas revistas de circulação internacional e membro titular da Academia Brasileira de Ciências e da TWAS e membro correspondente da Academia de Ciências de Portugal e da Academia de Ciências do Chile. Foi distinguido com a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico. Ganhou o Prêmio TWAS em 1998, o Prêmio UMALCA em 2000, o Prêmio Ramanujan em 2005 e o Prêmio Universidade de Coimbra em 2007. Criou as Jornadas Nacionais de Iniciação Científica em Matemática e foi um dos idealizadores do PROFMAT.Currículo Lattes completo disponível no endereçohttp://lattes.cnpq.br/6233887751567079.

Fonte: UNIR

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Alunos do curso de Matemática da UNIR têm trabalhos aceitos em Colóquio.

Foram aceitos, para o II Colóquio de Matemática da Região Norte, os trabalhos "A Densidade dos Números Racionais e Irracionais em R", da aluna Quessia de Oliveira Gimenes, "Música e Aritmética" do aluno Carlos Maurício de Sousa e "Um Estudo Sobre a Enuberabilidade do Conjunto Q" da aluna Laís Ribeiro Lima, ambos do curso de matemática da UNIR. “Espero aprender muito com esta experiência, tenho certeza que o evento vai me proporcionar uma visão diferente sobre a matemática”, comenta a discente Quessia. 

O Colóquio será realizado de 25 de fevereiro a 2 de março de 2013 na Universidade Federal do Oeste do Pará – UFOPA em Santarém – PA. 

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Volta as Aulas

O Centro Acadêmico de Matemática - CAMAT, informa aos alunos deste curso, que as aulas do segundo semestre 2012.2 retornam na segunda feira dia 21 de Janeiro de 2013. 

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

XI Encontro Nacional de Educação Matemática - ENEM


          Acontece na Pontifícia Universidade Católica do Paraná –PUCPR de 18 a 21 de julho de 2013 o XI Encontro Nacional de Educação Matemática- ENEM, sob a Coordenação Geral da Sociedade Brasileira de Educação Matemática-Regional do Paraná em parceria com as demais Instituições estaduais, federais e particulares do Estado. Este capítulo comemorará os 25 anos da criação da Sociedade Brasileira de Educação Matemática – SBEM.
         Este evento congrega o universo dos segmentos envolvidos com a Educação Matemática: professores da Educação Básica, Professores e Estudantes das Licenciaturas em Matemática e em Pedagogia, Estudantes da Pós-graduação e Pesquisadores. 

         O I Encontro Nacional de Educação Matemática- ENEM, aconteceu na PUC –SP em 1987. No ano seguinte, em 1988, realizou-se o II ENEM, na cidade de Maringá-PR, no qual ocorreu a fundação da Sociedade Brasileira de Educação Matemática –SBEM. Em 1990 o III ENEM ocorreu em Natal –RN, o IV- ENEM em Blumenau em 1993, o V ENEM em Aracajú –SE em 1995,foi VI ENEM em São Leopoldo-RS em 1998, o VII ENEM no Rio de Janeiro –RJ, em 2001, o VIII ENEM em Recife–PE em 2004, o IX ENEM em Belo Horizonte MG em 2007 e o X ENEM em Salvador – BA em 2010. 

Postado por Raildo Sales
Fonte: www.enem2013.pucpr.br/ 

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

II COLÓQUIO DE MATEMÁTICA DA REGIÃO NORTE


UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ
FEVEREIRO 25, 2013 – MARÇO 2, 2013


O II Colóquio de Matemática da Região Norte é uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Matemática - SBM em parceria com as universidades públicas da Região Norte e tem como objetivos a divulgação da Matemática a um público amplo, a formação de recursos humanos na área da Matemática e a integração regional. O evento possibilitará troca de experiências e incentivará o intercâmbio acadêmico e científico entre professores e pesquisadores atuantes na região.







Postado por Raildo Sales
Fonte:  www.sbmnorte2012.lapmat.com.br